19 de outubro de 2017 - 13:54

Curso de Letras participa de ciclo de palestras

Compartilhar esta notícia
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook

Conectar-se com as demandas e tendências do mundo contemporâneo requer que se esteja em contato com profissionais de diferentes áreas, regiões e perspectivas. Com esse intuito, os acadêmicos de Letras, com seus professores e intérpretes, participaram de algumas atividades da 36ª Semana Literária do SESC. A primeira delas foi a palestra com a escritora Glória Kirinus. O tema “A formação de leitores e multiletramento” foi desenvolvido pela autora, que destacou a relevância de um professor leitor na formação dos jovens leitores, ressaltando a importância do curso de Letras nesse período, pois conectar-se com escritores, livros e textos de maneira sensível e, ao mesmo tempo, prazerosa  e reflexiva é uma das tônicas do profissional de Letras. O grupo ouviu também Marcelino Freira e Sérgio Vaz na mesa redonda “Literatura, cidades e comunidades”, na qual explicitaram a profunda relação que há entre a literatura e a vida nas cidades e nas comunidades. É também pela literatura que as pessoas podem manifestar-se, emancipar-se, rebelar-se, empoderar-se, engajar-se na causa das comunidades... Foram momentos de intenso contato com as manifestações de vida que perpassam a literatura. E, para culminar esse processo, os acadêmicos de Letras assistiram à palestra de Mário Sérgio Cortella, em Assis Chateaubriand. Na oportunidade, o escritor desenvolveu o tema “Qual é a tua obra?”, deixando reflexões acerca das escolhas e de como cada um conduz a vida. Como ele mesmo diz “A vida é muito curta para ser pequena”.

Imprimir Notícia      Indicar Notícia