07 de dezembro de 2016 - 14:38

Acadêmica de Jornalismo escreve livro sobre transexuais de Toledo

Compartilhar esta notícia
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook

A estudante Susy Fontenele do curso de Jornalismo da Faculdade Sul Brasil surpreendeu a banca de professores que avaliaram seu projeto de conclusão de curso na última segunda-feira (5). Ela escreveu um livro com relatos de 12 transexuais que moram ou tiveram experiências de vida na cidade de Toledo. Segundo a jovem, a ideia surgiu quando ela notou a falta de publicações sobre o tema. “A mídia só apresenta a questão transexual de forma depreciativa, quando há polêmicas envolvidas. Mas na verdade, eles são pessoas como nós. A diferença é a dura realidade que enfrentam diante da nossa sociedade tão desinformada e conservadora”, comenta.

O livro “Transparentes” apresenta uma compilação de entrevistas feitas pela estudante de setembro a novembro deste ano. Os relatos em primeira pessoa chamam a atenção, pois tratam de preconceito e superação. Para o orientador do projeto, professor Alvaro Soares, o trabalho põe o dedo em uma ferida da sociedade. “Mostrar as dificuldades dessas pessoas e como elas se sentem vistas é uma forma de levar os leitores a refletir sobre o preconceito, ainda tão presente e nocivo”, explica.

Para a jornalista Edna Nunes, convidada pela instituição para a banca avaliadora, atuar contra o preconceito nem sempre é fácil, mas deve ser uma das premissas dos profissionais do jornalismo. “A gente sofre perseguição quando convida um transexual para uma entrevista, recebemos até reclamações de ouvintes que se sentem ofendidos. É este tipo de reação que precisamos mudar. É uma batalha que temos a obrigação de enfrentar”, comenta. O projeto que recebeu nota 10 da banca avaliadora deve virar uma publicação da Fasul Editora em 2017.


Imprimir Notícia      Indicar Notícia